Esquerda chumba concursos para a Protecção Civil

0

Nomeações políticas vão manter-se para o sistema de protecção civil. PCP juntou-se ao PSD e CDS para recomendar que o Governo redefina a participação das Forças Armadas em missões de protecção civil e reforce os meios aéreos de combate aos incêndios.

Os partidos da esquerda uniram-se esta tarde no Parlamento para chumbarem as propostas do PSD e do PAN para acabar com as nomeações políticas para os dirigentes do sistema de protecção civil e passar a ter estes cargos escolhidos através de concurso. E contrariam assim uma das recomendações dos peritos da comissão técnica independente.

Os cargos que deixariam de ser de nomeação e passavam a estar submetidos a concurso seriam os de comandante operacional nacional, segundo comandante operacional nacional, os adjuntos de operações nacionais, assim como o primeiro e o segundo comandante operacional distrital.

A substituição progressiva do actual sistema de nomeações políticas para as estruturas da Protecção Civil por um sistema de concurso com as regras previstas para a selecção dos dirigentes superiores da Administração Pública foi uma das recomendações do relatório dos peritos da comissão técnica independente aos incêndios de Pedrógão Grande.

fonte: www.publico.pt




Sobre quem enviou a noticia

Pedro Fonseca

Pedro Fonseca

É natural e residente em Gouveia, a sua vida profissional está ligada nestes últimos 18 anos à área de consultadoria em seguros. Em 2013 foi fundador da empresa LICATEL - Soluções em Telecomunicações onde é sócio/gerente. Desde tenra idade ingressou nas camadas jovens dos Bombeiros de Gouveia tendo permanecido alguns anos nos quadros, ultimamente passou pela Direcção da referida Instituição dinamizando a área de comunicação e imagem. Frequentou a licenciatura em Gestão de Marketing no IPAM de Aveiro. Passou por diversas Associações de Gouveia dando o seu contributo.