Equipa do GAUF está no heliporto municipal de albergaria

1
Um Grupo de Análise e Uso de Fogo (GAUF) está instalado no Heliporto Municipal de Albergaria-a-Velha. O local foi escolhido pela Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) devido à situação geográfica privilegiada e as boas condições logísticas.

A equipa no terreno é constituída por cinco elementos, na sua maioria engenheiros florestais credenciados no uso do fogo.

 O GAUF tem como missão garantir apoio técnico à ANPC, nos diferentes níveis das estruturas de coordenação operacional, em incêndios florestais com potencial de grande incêndio ou com potencial de dano elevado, na fase de ataque ampliado e no apoio à gestão do fogo, na proteção florestal.

Não é a primeira vez que o Heliporto de Albergaria é utilizado por outros organismos nacionais, dada à sua centralidade e ao facto de ser a única Base de Apoio Logístico do distrito de Aveiro, que dá suporte direto ao desenvolvimento e sustentação das operações de proteção e socorro, está situada, também, neste espaço, o Centro de Meios Aéreos e a sede da Proteção Civil Municipal.

 A Câmara Municipal, reconhece a importância do Heliporto, dadas as características do Concelho, é um equipamento que garantem “está ao serviço de todas as entidades que possam contribuir para a defesa e proteção deste território, em articulação com todos os agentes locais, nomeadamente a Proteção Civil Municipal e a Associação dos Bombeiros Voluntários”.

About author

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.

  • A propósito da noticia “Grupo de Análise e Uso do Fogo instala-se no Heliporto”, gostava de efectuar algumas considerações a bem do esclarecimento publico.

    Existem no país 4 equipas de analise e uso do fogo (EAUF), 2 sediadas em Viseu, 1 na Lousã e 1 em Albergaria-a-Velha. Cada equipa é constituída por 3 elementos, sendo 1 engº. florestal credenciado em fogo de supressão e contratado pelo ICNF e 2 técnicos da Força Especial e Bombeiros (FEB).