EIP de Foz Côa já não vai ser suspensa

0

Houve um retrocesso na decisão de suspender a Equipa de Intervenção Permanente (EIP) por parte da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Foz Côa (AHBVFC).

Seria hoje, dia 6, que a suspensão da EIP seria efectivada face à decisão de suspensão anunciada pela direção da AHBVFC e que o Portal Bombeiros.pt tinha avançado em primeira mão (ver aqui) na passada terça-feira.

No entanto, e devido à posição assumida pela presidência da Câmara Municipal (ver aqui), a decisão terá sido repensada e anulada.

Durante o dia de ontem (5 de junho) foi comunicada à todo o Corpo de Bombeiros e aos membros da EIP que, afinal, “a prevista reorganização da Equipa de Intervenção Permanente, a funcionar no âmbito desta Associação, ouvidos o Comando Distrital de Operações de Socorro da Guarda e o Comando do CB, não sofrerá qualquer interrupção, mantendo-se permanentemente em funções.”

Esta informação por parte da direção da Associação contrasta com a posição assumida no dia 20 de maio em que se refere que para a tomada de decisão da suspensão foi “ouvido o Corpo de Bombeiros e a Câmara Municipal de Foz Côa” e informada a “ANEPC, o CDOS – Guarda e a Câmara Municipal de Foz Côa”.

Dada a decisão de suspensão de então, e agora revertida, estas entidades não terão levantado problemas à suspensão.

A decisão da direção, que foi assumida em resposta a questões colocadas pelo Portal Bombeiros.pt (ver aqui), foi agora modificada, conforme a informação transcrita em cima e datada de 4 de junho.

O Portal Bombeiros.pt já pediu mais esclarecimentos à direção da AHBVFC e divulga-los-á assim que houver resposta.

 

About author

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda. Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).