Doze concelhos em risco máximo de incêndio

0

Incendiostarde noiteDoze concelhos de Portugal continental apresentam, esta segunda-feira, risco máximo de incêndio, enquanto o interior Norte e Centro se encontra em risco muito elevado.

Os concelhos de Mação, Vila do Rei e Sertã (Castelo Branco), Oleiros (Santarém), Pampilhosa da Serra, Arganil e Góis (Coimbra), Pedrogão Grande, Castanheira de Pêra e Figueiró dos Vinhos (Leiria), Vila nova de Paiva (Viseu) e Cabeceiras de Basto (Braga) apresentam risco máximo de incêndio.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o interior Norte e Centro de Portugal continental apresentam risco muito elevado de incêndio.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, variando entre reduzido e máximo.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13.00 horas de cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

No domingo, a Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC) registou 100 incêndios, que foram combatidos por 2471 bombeiros, com o apoio de 631 veículos.

O IPMA colocou também sob aviso amarelo os concelhos de Castelo Branco, Guarda, Viseu, Bragança, Vila Real e Braga devido a temperaturas elevadas (acima dos 30 graus celsius), e vão vigorar entre as 09.00 horas desta segunda-feira e a 21.00 horas de terça-feira.

Desde as 04.00 horas também a costa sul da Madeira está com aviso amarelo, até às 18.00 horas de quarta-feira, devido igualmente a temperaturas quentes.

Os Açores já se encontram sob aviso amarelo desde as 19.00 horas de domingo, e estará ativo até às 10.00 horas desta segunda-feira, devido às chuvas e trovoada fortes.

O IPMA prevê pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade até ao final da manhã no litoral oeste a sul do rio Douro, podendo persistir em alguns locais.

Durante a tarde, prevê-se um aumento temporário de nebulosidade nas regiões do interior Norte e Centro e o vento tenderá a soprar fraco (inferior a 15 km/h) a moderado (15 a 25 km/h) de nordeste no interior Norte e Centro até ao final da manhã e de noroeste no litoral oeste a sul do cabo Carvoeiro durante a tarde.

Prevê-se ainda uma pequena subida de temperatura, em especial da máxima e no litoral oeste.

Quanto às temperaturas, Beja será a cidade mais quente do país com 38 graus celsius, seguida de Évora, Portalegre e Castelo Branco com 37º, em Coimbra, Viseu, Vila Real, Braga e Bragança são esperados 34º, Lisboa e Leiria 33º, 28º no Porto e Viana do Castelo e 27º no Funchal e Angra do Heroísmo.

JN




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.