Dois veículos de socorro vão custar 565 mil euros

0

Municipais de Loulé ficarão dotados de um veículo que oferece várias valências.

Os Bombeiros Municipais de Loulé vão receber um moderno veículo de socorro, que tem um custo estimado em 410 mil euros.

Os Voluntários de São Brás de Alportel passarão a contar com uma nova viatura para fogos florestais, no valor de 155 mil euros. Os concursos para a aquisição destes novos veículos foram publicados esta semana em Diário da República. No caso dos Bombeiros Municipais de Loulé, o concurso foi lançado na passada terça-feira pela autarquia e prevê a aquisição de um veículo de socorro e assistência especial. Foi estabelecido um prazo de 47 dias para as empresas concorrentes apresentarem propostas. O comandante dos bombeiros, Irlandino Santos, revela ao Correio da Manhã que se trata de “um veículo multiusos”, com características de “desencarceramento pesado” e de “combate a incêndios urbanos e industriais”, adiantando que “é um meio importante e necessário” para garantir uma maior eficácia no socorro.

Esta viatura apresenta características únicas na região. Entretanto, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de São Brás de Alportel lançou ontem o concurso para a compra de um veículo florestal de combate a incêndios. A aquisição da nova viatura é comparticipada por fundos comunitários. “Dispomos atualmente de dois veículos deste tipo, mas um já se encontra para além do período de vida útil, dado que tem mais de 20 anos “, explica ao CM Vítor Martins, comandante dos bombeiros são-brasenses, que espera que a nova viatura seja entregue à corporação “até ao final deste ano”.

Fonte: www.cmjornal.pt

Foto Nuno Alfarrobinha




Sobre quem enviou a noticia

Pedro Fonseca

Pedro Fonseca

É natural e residente em Gouveia, a sua vida profissional está ligada nestes últimos 18 anos à área de consultadoria em seguros. Em 2013 foi fundador da empresa LICATEL - Soluções em Telecomunicações onde é sócio/gerente. Desde tenra idade ingressou nas camadas jovens dos Bombeiros de Gouveia tendo permanecido alguns anos nos quadros, ultimamente passou pela Direcção da referida Instituição dinamizando a área de comunicação e imagem. Frequentou a licenciatura em Gestão de Marketing no IPAM de Aveiro. Passou por diversas Associações de Gouveia dando o seu contributo.