Dois trabalhadores morrem atingidos por hélice de oito toneladas

0

Dois trabalhadores, com 38 e 39 anos, morreram esta sexta-feira de madrugada num acidente de trabalho ocorrido numa empresa da zona industrial de Campos, em Vila Nova de Cerveira.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo, o acidente ocorreu às 5.39 horas, numa empresa de fundição de metais (Fundilusa), de hélices para navios de grande dimensão, quando as vítimas estavam “a trabalhar em moldes e ficaram soterradas em areia”.

Segundo apurou o JN junto de fonte dos Bombeiros Voluntários de Cerveira, um molde de uma hélice com cerca de oito toneladas, com areia dentro, soltou-se e a peça atingiu os trabalhadores, que ficaram soterrados na areia.

Além das duas vítimas mortais, um terceiro trabalhador ficou ferido e foi transportado para o hospital da Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM).

Os corpos dos dois trabalhadores soterrados ainda não foram retirados do local, onde é aguardado o Delegado de Saúde para confirmar oficialmente os óbitos.

Para o local foram mobilizados 23 operacionais com 10 veículos dos Bombeiros de Vila Nova de Cerveira, ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Valença, Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Alto Minho e GNR. E também uma equipa de psicólogos do INEM.

Fonte: Jornal de Noticias

About author

Paulo Reis

É natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 25 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde apresentou o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Subchefe. Foi responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem dos BV Esmoriz e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com. É o responsável do Departamento de Relações Públicas do portal Bombeiros.pt