Dois bombeiros da corporação de Pinhel necessitaram de assistência médica

0

incendio bombeiros 2Dois bombeiros da corporação de Pinhel necessitaram de ser assistidos durante o combate ao incêndio florestal que lavra naquele concelho, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações (CDOS) da Guarda.

Segundo a fonte, cerca das 16:50, um dos homens sofreu uma intoxicação por inalação de fumos e o outro teve uma indisposição física.
Os dois homens “saíram do teatro de operações” e receberam assistência no local, não tendo sido necessário transportá-los ao hospital, indicou o elemento do CDOS.
Pelas 17:55, as chamas estavam a ser combatidas por 82 elementos, 21 veículos e dois aviões bombardeiros, segundo informação disponibilizada na página da Protecção Civil na internet.
O incêndio começou no local de Cerros, próximo da cidade de Pinhel, pelas 13:21, e continua activo com duas frentes, segundo a fonte.
Ainda no distrito da Guarda, lavra outro incêndio em Figueiró da Serra, Gouveia, que envolve no seu combate 50 homens, dez veículos, um helicóptero e dois aviões bombardeiros.

(Fonte: Lusa/ Terras da Beira)




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).