Direção dos bombeiros de Âncora pondera despedimentos face à falta de receitas

0

bombeiros[1]_hdrA Associação Humanitária dos Bombeiros de Vila Praia de Âncora, em Caminha, admite avançar com despedimentos na corporação, que conta apenas com dez assalariados, porque as receitas próprias cobrem apenas metade da despesa total mensal.

 

A posição foi transmitida hoje à agência Lusa pela presidente da direção dos bombeiros, admitindo que o cenário de despedimentos é uma hipótese que está a ser discutida internamente, face à “difícil situação financeira” que a corporação vive.

 

“Sei que não é um problema só da nossa corporação, mas aqui estamos com receitas que apenas cobrem 50% das nossas despesas mensais. A outra metade dos cerca de 10 mil euros temos de a inventar”, confessou Laurinda Araújo.

 

Fonte: Agência Lusa

 

 

About author

Mónica Costa

Mónica Costa

É natural de Tabuaço, licenciada em Comunicação e Relações Económicas e Mestre em Marketing e Comunicação. Foi jornalista na Rádio F até 2013 e apesar de nunca ter estado diretamente ligada ao mundo dos bombeiros, acompanhou sempre com um enorme respeito e admiração o seu trabalho. Na atualidade integra a equipa da Direção informativa do portal bombeiros.pt.