DECIF | Distrito de Setúbal prepara planeamento do dispositivo para 2016

0

montiinced-1728x800_cNo passado dia 3 de março, no Salão Nobre dos Paços do Concelho do Montijo, decorreu uma das ações de planeamento do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais (DECIF) do Distrito de Setúbal.

Sob coordenação da Comandante Distrital da Autoridade Nacional de Proteção Civil, Patrícia Gaspar, a iniciativa reuniu os agentes de proteção civil do concelho do Montijo e serviu para trocar informações com o objetivo de identificar problemas, melhorar o planeamento e preparar a época mais crítica dos incêndios florestais.

Patrícia Gaspar iniciou os trabalhos com alguns dados sobre o DECIF 2015. Entre 15 de maio e 31 de outubro de 2015, foram registadas no distrito 886 ocorrências, o dobro de situações registadas em 2014. Apesar deste aumento, a área ardida manteve-se nos 300 hectares, o “que demonstra a eficácia do dispositivo do DECIF”, afirmou.

Os objetivos para 2016 são, entre outros, reduzir para zero o número de reacendimentos e combater os falsos alarmes “pois obrigam, desnecessariamente, à deslocação de meios e agentes que podem fazer faltar noutro lado”, salientou Patrícia Gaspar.

O presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, esteve presente na sessão, assim como o Serviço Municipal de Proteção Civil, o Gabinete Técnico Florestal Intermunicipal Montijo e Alcochete e os presidentes da Junta de Freguesia de Canha e da Junta da União das Freguesias de Montijo e Afonsoeiro.

A iniciativa contou, ainda, com as presenças da GNR, da PSP, do Núcleo do Montijo da Cruz Vermelha Portuguesa, dos Bombeiros Voluntários do Montijo e dos Bombeiros Voluntários de Canha.

Todos os agentes de proteção civil presentes demonstraram a sua total disponibilidade para a necessária e profícua colaboração com o Comando Distrital da Proteção Civil para que seja possível atingir os objetivos propostos e melhorar a capacidade operacional do DECIF.

Fonte: distritonline.pt

Sobre o autor

Pedro Fonseca

Pedro Fonseca

É natural e residente em Gouveia, a sua vida profissional está ligada nestes últimos 17 anos à área de consultadoria em seguros. Em 2013 foi fundador da empresa LICATEL - Soluções em Telecomunicações onde é sócio/gerente. Desde tenra idade ingressou nas camadas jovens dos Bombeiros de Gouveia tendo permanecido alguns anos nos quadros, ultimamente passou pela Direcção da referida Instituição dinamizando a área de comunicação e imagem. Frequentou a licenciatura em Gestão de Marketing no IPAM de Aveiro. Passou por diversas Associações de Gouveia dando o seu contributo.