Costa denuncia cartéis e garante meios aéreos “custe o que custar”

0

Imagem Ilustrativa

O primeiro-ministro afirmou que o Estado não se deixará “capturar por cartéis” ligados a empresas de meios aéreos e que esses meios estarão disponíveis “custe o que custar”.

António Costa falava aos jornalistas na Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), em Carnaxide (Oeiras), tendo ao seu lado o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, após uma reunião de trabalho sobre a preparação do dispositivo especial de combate aos incêndios.

Interrogado sobre os meios aéreos que estarão disponíveis para o combate no próximo verão, o líder do executivo respondeu: “É manifestamente evidente que é uma ação concertada das empresas tendo em vista especular à custa da ameaça que existe no risco de incêndio. Isto é um comportamento inaceitável do ponto vista comercial. Espero que as autoridades competentes hajam em conformidade”, reiterou o primeiro-ministro.

“Pela nossa parte, não nos deixaremos capturar. Asseguraremos os meios e salvaguardaremos o direito público”, acrescentou.

“Essas empresas, se acham que capturam o Estado, estão muito enganadas, porque o Estado vai ter os meios com elas ou sem elas”, garantiu António Costa.

“O Estado não será capturado e teremos os meios aéreos a tempo e horas custe a quem custar – e vai custar, porque não é aceitável que alguém queira transformar a segurança das populações numa ameaçada ao Estado”, declarou.

Fonte: Jornal de Noticias




Sobre quem enviou a noticia

Paulo Reis

Paulo Reis

É Natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 18 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde atualmente, apresenta o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Bombeiro de 1ª. É na atualidade responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem da corporação e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com.