Companhia de Bombeiros Sapadores de Setúbal Novos veículos e equipamentos de proteção e socorro

0
(imagem ilustrativa)

(imagem ilustrativa)

Novos veículos e equipamentos de proteção e socorro da Companhia de Bombeiros Sapadores de Setúbal, adquiridos no âmbito de uma candidatura comunitária superior a 2,5 milhões de euros, são apresentados hoje, dia 29, às 11h00, no Largo José Afonso.

Uma viatura plataforma multiusos, com um alcance máximo, em altura, de 43 metros, é um dos veículos adquiridos através da candidatura “Resiliência Setúbal +” que é dado a conhecer à população, numa iniciativa na qual participa a presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira.

Em demonstração durante a manhã de dia 29 estão outros dois novos veículos que reforçam a operacionalidade dos Sapadores setubalenses. Um é vocacionado para o ataque a incêndios industriais, enquanto o outro alarga a intervenção em teatros de operações rodoviários.

Três novos contentores logísticos, um dos quais com um conjunto de materiais modernos para salvamento e resgate, a par de um quarto contentor químico reativado e reequipado, figuram igualmente no leque de novos equipamentos ao dispor dos Sapadores para a proteção da população.

O recheio do modernizado Centro Municipal de Operações de Socorro, assim como 65 equipamentos de comunicação SIRESP – Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal, alguns em exposição nesta iniciativa, são outros equipamentos adquiridos no âmbito do “Resiliência Setúbal +”.

A candidatura comunitária liderada pela Autarquia, um investimento global de 2 milhões, 662 mil e 457,78 euros, que inclui outros meios, foi promovida no âmbito do QREN – Quadro de Referência Estratégico Nacional e enquadrada no Regulamento de Prevenção e Gestão de Riscos do Programa Operacional Temático Valorização do Território.

(Fonte: rostos.pt)




Sobre quem enviou a noticia

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.