Comandantes demitidos dos bombeiros chamados a opinar sobre incêndios

0

fernando_curtoAssociação de Bombeiros Profissionais considera que Paulo Gil Martins e Vitor Vaz Pinto não têm credibilidade para falar sobre o que se passou no ano passado.

Dois antigos comandantes operacionais nacionais foram chamados ao Parlamento para prestar depoimento sobre os incêndios florestais do ano passado. A Associação Nacional de Bombeiros Profissionais contesta.

“A Associação Nacional de Bombeiros Profissionais não compreende que um grupo que neste momento está, e bem, a discutir a problemática dos incêndios florestais e a tirar as suas conclusões, convoque dois ex-comandantes para deporem sobre o que se passou este ano. Esses dois ex-comandantes foram demitidos e não sei o que podem acrescentar ao que aconteceu nos incêndios florestais”, contesta o presidente da associação, Fernando Curto.

Em causa estão Paulo Gil Martins e Vitor Vaz Pinto, nomes a quem os bombeiros profissionais não reconhecem credibilidade do ponto de vista técnico.

A audição está marcada para esta quarta-feira.

(Fonte: RR)

Entra na página do Facebook do Portal Bombeiros.pt (https://www.facebook.com/www.Bombeiros.pt), faz “Gosto” e faz parte da inovação e das novidades nos Bombeiros Portugueses!

Bombeiros



Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).