Colisão violenta causa dois feridos graves e um ligeiro em Braga

0
foto ZULAY COSTA/JN

foto ZULAY COSTA/JN

Uma violenta colisão frontal, esta manhã de sábado em Braga, faz dois feridos graves e um ligeiro. O motor de um dos carros, um “Audi”, voou 50 metros e o volante da outra viatura ficou preso na roda traseira.

O acidente, com alerta às 11.30 horas, ocorreu em frente ao Hotel Melia na Variante do Fôjo, saída Este da cidade em direção a Chaves.

Segundo fonte da Divisão de Trânsito da GNR de Braga, no local, o condutor do “Audi”, 28 anos de idade, perdeu o controlo da viatura quando seguia no sentido Braga-Chaves. “Terá batido no passeio, entrou em despiste e galgou o separador central”, disse mesma fonte.

No sentido contrário seguia um “Fiat Stilo”, carregado com carpetes, e que não conseguiu evitar o Audi desgovernado. A violência foi tal, que o motor de um dos carros voou para a entrada de um túnel ali existente.

Os ocupantes do Fiat, com cerca de 55 anos, ficaram encarcerados e são as vítimas “em estado grave” do acidente.

Quatro Corporações e uma Companhia de bombeiros (Taipas, Amares, Vila Verde, Póvoa de Lanhoso e Braga) estiveram no teatro de operações ?, assim como a VMER de Braga.

Todas as vítimas foram transportadas para o Hospital de Braga. A BT da GNR de Braga cortou a via, uma variante da EN 103, ao ?trânsito durante hora e meia, com a circulação a ser restabelecida às 13.05 horas.

 

FONTE: JN

 

 

 




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.