Centenas de incêndios no país com Silves como ponto crítico

0

Chamas em mato lavravam com intensidade em São Marcos da Serra, perto do IC1

Um incêndio que deflagrou ontem, cerca das 15 horas, em São Marcos da Serra, perto do IC1, no concelho de Silves, Algarve, lavrava ainda com intensidade pelas 20 horas. Segundo Duarte Costa, comandante operacional nacional, uma pessoa com mobilidade reduzida foi retirada de casa “por precaução”, tendo sido deslocada para uma zona segura.

Um bombeiro ficou ferido, com queimaduras ligeiras nos membros inferiores, acrescentou.

Esta era a ocorrência considerada de maior gravidade na página da Proteção Civil, mas, por todo o país, registaram-se centenas de fogos.

Em Silves, às 20 horas, as frentes ativas estavam a ser combatidas por 225 operacionais, com 10 meios aéreos e 67 veículos. Abel Gomes, do Comando Distrital de Operações de Socorro de Faro, disse, ao JN, que as chamas consumiam uma zona de “mato, sobreiro e eucaliptal” e lavravam com

“muita intensidade”. O vento “tem provocado algumas projeções, o que tem dificultado o combate”, revelou, adiantando que “não há casas em perigo”. Pelas 20 horas, os 18 distritos do continente tinham fogos ativos. A Proteção Civil dava conta de 239 fogos, combatidos por 1284 bombeiros,

14 meios aéreos e 414 veículos.

 

DEZ DISTRITOS EM ALERTA

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil decretou, ontem, a passagem de 10 distritos (Beja, Bragança, Castelo Branco, Évora, Faro, Guarda, Portalegre, Santarém, Vila Real e Viseu) ao estado de alerta especial laranja nas próximas 72 horas devido a risco de incêndio. Duarte Costa,

afirmou estarem “reunidas as condições favoráveis à eventual ocorrência da propagação de incêndios rurais”.

A previsão meteorológica aponta para tempo seco e quente, vento moderado a forte, temperaturas elevadas e possibilidade de trovoada seca no interior norte e centro.

Fonte: Jornal de Noticias – MARISA RODRIGUES E ZULAY COSTA

About author

Paulo Reis

É natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 25 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde apresentou o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Chefe. Foi responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem dos BV Esmoriz e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com. É o responsável do Departamento de Relações Públicas do portal Bombeiros.pt