Cavaco Silva contactou corporações e famílias de bombeiros

0

 IMG_2387Fonte de Belém garantiu esta manhã à TSF que o Presidente da República tem acompanhado a situação dos incêndios e contactou as famílias dos bombeiros que morreram este ano.
Cavaco Silva, por ocasião de cada uma das mortes dos três bombeiros, «contactou, através da assessoria para a segurança nacional, os comandantes das três corporações em causa para apresentar condolências às famílias e respetivas corporações e para se inteirar da situação dos feridos», esclareceu à TSF fonte oficial da Presidência.

O esclarecimento de Belém surge a propósito da polémica lançada na página do Facebook da Presidência da República.
A Presidência da República entende que esta é a forma correta de proceder, com a «discrição e a seriedade que a situação humanitária reclama».

Belém acrescenta ainda que «o Presidente da República, como sempre acontece, tem acompanhado de perto a situação dos incêndios em Portugal».
Nas últimas horas, centenas de pessoas escreveram na página do Presidente da República no Facebook a frase «As minhas condolências aos familiares dos bombeiros falecidos».

Isto pelo facto do Chefe de Estado ter anunciado publicamente o envio de condolências pela morte de António Borges e também pela morte do príncipe da Holanda.

FONTE: TSF

 

Sobre o autor

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.