Câmaras não podem deixar de pagar seguros de bombeiros

0

Bombeiros FormaturaO ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, afirmou hoje que as autarquias não podem deixar de pagar as apólices dos seguros dos bombeiros, salientando, porém, que esta situação “não é muito extensa”.

“Não pode ocorrer uma situação dessas, porque isso significa desproteger pessoas que nos bombeiros trabalham em prol da segurança de todos”, afirmou Miguel Macedo, à margem da cerimónia comemorativa dos 146 anos da PSP do Porto.

Adiantando ter tido conhecimento de casos de autarquias que, por dificuldades financeiras, não asseguraram essa responsabilidade de pagar seguros, Miguel Macedo precisou, porém, não crer que “seja uma situação muito extensa”.

A responsabilidade do pagamento dos seguros dos bombeiros “é, de facto, assegurada pelas autarquias”, disse, garantindo que está “atento, com a Liga dos Bombeiros Portugueses, à situação”.

O ministro sublinhou novamente a necessidade da formação a bombeiros ser intensificada, para que seja possível evitar acidentes em incêndios.

“Está a ser ultimado um plano de formação diferente daquele que tínhamos, mais próximo das corporações de bombeiros. A lógica não é tanto deslocar os bombeiros para a escola, é fazer com que os especialistas da escola de formação possam, junto das corporações dos bombeiros, aproveitando as unidades locais de formação que existem espalhadas pelo país, intensificarem as ações de formação”, sublinhou.

FONTE: DN

 

About author

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.