Câmara de Oliveira do Hospital aumenta para 50 mil euros o apoio a cada uma das corporações de bombeiros

0

O Município de Oliveira do Hospital aumentou em 12.500 Euros o subsídio anual a cada uma das duas corporações de bombeiros do concelho, que passam a contar com um apoio de 50 mil Euros cada.

A medida foi aprovada por unanimidade em reunião do executivo, notando o presidente da autarquia, que desde que chegou ao executivo, em 2009, ainda não tinha mexido no subsídio, pelo que entende ser o momento de o aumentar significativamente. “Os bombeiros recebem 37.500 euros de subsídio anual dividido em duas tranches, uma de 12.500 Euros para funcionamento normal e 25 mil euros para pequenas obras, conserto de carros… Por bem, achei que este ano deveríamos aumentar significativamente o subsídio à duas corporações e passá-lo para 50 mil Euros”, referiu José Carlos Alexandrino.


Para o autarca oliveirense, este é um investimento importante para que os bombeiros tenham “determinada qualidade”. O autarca diz-se “orgulhoso” pelas duas corporações, apreciando a relação de complementaridade e de trabalho entre os dois corpos de bombeiros.


O apoio aos bombeiros não se esgota nos subsídios. José Carlos Alexandrino destaca ainda o pagamento dos seguros que é da responsabilidade do município, assim como o pagamento das equipas de primeira intervenção na época crítica dos incêndios e a comparticipação dos 15 por cento de cada candidatura que é aprovada.

Em reunião do executivo, o autarca oliveirense deu conta da disponibilidade do município, para em caso de não pagamento por parte do governo, suportar o arranjo de uma viatura de combate a incêndios da corporação de Oliveira do Hospital (60 mil Euros) e a aquisição de uma viatura necessária à corporação de Lagares da Beira (150 mil euros).

Para incentivar o voluntariado nos bombeiros, o Município prepara a tarifa social da água e estuda a possibilidade de redução da taxa de IMI.

Fonte: http://www.radioboanova.pt




Sobre quem enviou a noticia

Pedro Fonseca

Pedro Fonseca

É natural e residente em Gouveia, a sua vida profissional está ligada nestes últimos 18 anos à área de consultadoria em seguros. Em 2013 foi fundador da empresa LICATEL - Soluções em Telecomunicações onde é sócio/gerente. Desde tenra idade ingressou nas camadas jovens dos Bombeiros de Gouveia tendo permanecido alguns anos nos quadros, ultimamente passou pela Direcção da referida Instituição dinamizando a área de comunicação e imagem. Frequentou a licenciatura em Gestão de Marketing no IPAM de Aveiro. Passou por diversas Associações de Gouveia dando o seu contributo.