Bombeiros recusam reunir com Secretária de Estado se Federação não for convidada

0

A Federação Distrital dos Bombeiros de Viana do Castelo, anunciou, esta segunda-feira, que, no caso de também ser convidada, as corporações daquele distrito não receberão a Secretária de Estado da Proteção Civil (SEPC), Patrícia Gaspar, numa reunião agendada para o próximo dia 22 de fevereiro.

Segundo um comunicado divulgado por aquela federação, presidida por Germano Amorim, a decisão foi tomada numa reunião ordinária de assembleia geral ocorrida a 27 de Janeiro e contou com votos favoráveis de representantes dos voluntários de Paredes de Coura, Monção, Ponte da Barca, Ponte de Lima, Arcos Valdevez, Viana do Castelo, Valença e Caminha. Abstiveram-se na votação Vila Nova de Cerveira, os Bombeiros Sapadores de Viana do Castelo e também o presidente da direção dos Bombeiros de Caminha.

“As respetivas federadas, não deverão marcar presença em qualquer reunião com a Senhora SEPC, concretamente, na que está agendada neste distrito para o próximo dia 22 de Fevereiro de 2023”, informa da Federação Distrital dos Bombeiros de Viana do Castelo, acrescentando que a referida deliberação “foi tomada em solidariedade e estrita coerência com a anterior deliberação tomada no último Conselho extraordinário das Federações, em que foi aprovado por unanimidade dos conselheiros presentes e com todas as federações nacionais representadas, que não haveria representação das Federações em qualquer reunião de trabalho com a senhora SEPC”.

Em causa está o facto de não ter sido dirigido por Patrícia Gaspar, “qualquer convite formal às Federações”, para participarem numa ronda de encontros que estará a realizar no país. “Havendo convite por escrito a esta Federação e devidamente comunicado às suas respetivas federadas, poderão estas deliberar noutro sentido. Enquanto assim se mantiver, não toleraremos e compactuaremos com o intolerável e incompreensível desprezo e desrespeito institucional pela orgânica formal existente a nível nacional nos bombeiros e, concretamente, desta Federação, que é ainda a entidade máxima de representação dos bombeiros no distrito”, informa ainda aquele comunicado hoje divulgado, adiantando que “tal posição é assim extensível a todos os corpos de bombeiros do distrito, quer organizados em associações voluntárias, ou, pelas câmaras municipais e respetivos bombeiros sapadores”.

“Não aceitamos mais o constante desrespeito a que somos votados. A proteção civil não pode querer implantar uma reforma feita com os cotovelos em total desrespeito com a orgânica pré-existente dos bombeiros assente na realidade dos distritos”, defende o presidente da Federação de Bombeiros de Viana do Castelo, Germano Amorim, citado no mesmo comunicado, que elenca a seguir as necessidades do setor, nomeadamente, “apoios concretos ao voluntariado no último distrito a nível nacional, com a adoção de um estatuto social de apoio aos bombeiros”.

Fonte: Jornal de Noticias  – Ana Peixoto Fernandes

About author

Paulo Reis

É natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 25 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde apresentou o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Chefe. Foi responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem dos BV Esmoriz e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com. É o responsável do Departamento de Relações Públicas do portal Bombeiros.pt