Bombeiros Profissionais denunciam falta de meios e formação nos Sapadores de Coimbra

0

A ANBP/SNBP – Associação Nacional de Bombeiros Profissionais/Sindicato Nacional de Bombeiros Profissionais – denunciou, em comunicado, a “carência de formação e desorganização” nos Bombeiros Sapadores de Coimbra, que “pode colocar em causa a proteção de pessoas e bens”.

A associação revelou que se tem reunido com os responsáveis da Câmara Municipal de Coimbra e com o Comando da Companhia de Bombeiros Sapadores “para alertar para questões que necessitam de resolução rápida”.

Em comunicado, a entidade destacou os incêndios em habitações na avenida Elísio de Moura e na Solum, situações “em que foi evidente a falta de meios” de socorro em edifícios de grande altura. Em respostas às declarações de Paulo Palrilha, comandante dos Sapadores de Coimbra, que considera que as autoescadas de que a companhia dispõe “resolvem 99 por cento das situações”, a ANBP/SNBP insiste que, em Coimbra, “existem muitos prédios com mais de 30 metros”.

“Outra das preocupações, prende-se com a eventualidade de deflagrar um incêndio na alta ou na baixa da cidade, onde só vão as viaturas ligeiras de combate, ou seja VLCI urbanos. Atualmente, a viatura vocacionada para o efeito está inoperacional nos Bombeiros Sapadores”, revela a associação.

“E se tivermos um acidente e de repente por qualquer situação a viatura de desencarceramento precisar de trabalhar com água no mesmo acidente por incendio das viaturas? A bomba da viatura está avariada há meses. Também a ambulância de Emergência está mais tempo avariada do que operacional”, acrescenta o comunicado.

O desbloqueamento de escalões e promoções foram outros dos temas discutidos entre a autarquia e a ANBP/SNBP.

(Fonte: As Beiras)




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).