Bombeiros pedem apoio ao Estado

0

Federação de Bombeiros do Distrito de Lisboa exige ao Governo a adoção de cinco medidas “muito urgentes”.

A Federação de Bombeiros do Distrito de Lisboa exige ao Governo a adoção de cinco medidas “muito urgentes” para terminar com o “estrangulamento”.

António Carvalho, presidente, pede que, até final de junho, se proceda à criação de um fundo monetário, não reembolsável.

Exige que o Estado assuma as dívidas das corporações e que pague o que várias entidades estatais devem às corporações.

É pedida uma reavaliação do protocolo com o INEM e que a tutela suporte o custo dos materiais de proteção contra a Covid-19, agora pagos pelos bombeiros.

Fonte: Correio da Manha

About author

Paulo Reis

Paulo Reis

É natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 25 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde apresentou o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Subchefe. Foi responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem dos BV Esmoriz e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com. É o responsável do Departamento de Relações Públicas do portal Bombeiros.pt