Bombeiros Municipais de Viana do Castelo iniciam greve de quatro dias durante a romaria d’Agonia

0

Os Bombeiros Municipais de Viana do  Castelo iniciam hoje uma greve de quatro dias, coincidente com a romaria  d’Agonia, depois de fracassadas as tentativas de entendimento com a autarquia,  anunciou o Sindicato Nacional dos Bombeiros Profissionais.

A paralisação, segundo aquele sindicato, é justificada com a “utilização  abusiva” da disponibilidade permanente para colmatar a falta de pessoal,  acrescida “do facto de estas horas não serem pagas nem em tempo, nem em  dinheiro”.

Queixam-se ainda de um horário de trabalho “sem folgas” e de uma escala  de reforço de pessoal com 24 horas, “ou seja, mais doze do que o previsto  na Lei, e também sem que sejam pagas”. Além disso, os elementos da única corporação profissional do distrito  de Viana do Castelo alegam “dualidade de critérios nos processos disciplinares”  e até “perseguição aos bombeiros” naquele corpo.

Acrescenta o Sindicato Nacional dos Bombeiros Profissionais que esta  paralisação, que acontece durante quatro dias em que são esperadas milhares  de pessoas em Viana do Castelo, devido às festas da cidade, foi convocada  após “várias reuniões infrutíferas” com a Câmara Municipal -que tutela  a corporação -, a última das quais realizada a 13 de agosto.

O sindicato indica que até segunda-feira, 20 de agosto, não serão assegurados  serviços “não urgentes” assim como o reforço de pessoal de folga para prevenção,  pelo que não serão feitos serviços de prevenção, vistoria e outros não urgentes.

Fonte: Lusa

 

About author

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda.
Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe.
É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.