Bombeiros do Médio Tejo receberam equipamentos de proteção

0

mediotejobombeirosEPIsAs 17 corporações de bombeiros da região do Médio Tejo já receberam todos os equipamentos de proteção individual (EPI’s) de combate a incêndios florestais, atribuídos no âmbito de uma candidatura da Comunidade Intermunicipal ao Programa Operacional de Valorização Territorial (POVT).

No total, segundo uma nota de imprensa da CIMT, foram entregues 2328 equipamentos, divididos em 190 capacetes florestais, 455 capuzes de proteção (cógulas), 906 fatos de proteção individual (conjunto de calça e dólmen), 423 luvas de combate a incêndios, e 354 pares de botas de combate a incêndios.

A aquisição dos equipamentos teve um custo final que rondou os 318 mil euros, e foi financiada a 85% pelos fundos comunitários, tendo a comparticipação nacional sido repartida pela Autoridade Nacional de Proteção Civil (7,5%) e pelos 13 municípios da região do Médio Tejo (7,5%).

A entrega completa dos EPI’s ficou concluída durante o mês de outubro, apesar da maioria ter sido entregue em julho.

Ainda segundo a mesma nota, a CIMT solicitou ao Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal (CITEVE) a execução de ensaios e testes aos fatos de proteção individual, cujos resultados “confirmaram que as características dos fardamentos entregues estão de acordo com as normas exigidas no concurso”.

São “fatos ignífugos que retardam a propagação das chamas, protegendo os bombeiros contra riscos de exposição ao fogo”, acrescenta o mesmo documento.

(Fonte: Rede Regional)

 




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda. Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).