Bombeiros fazem parto em casa

0

parto_bvChamados para transportar grávida, foram parteiros de Maria.

Para Celso Abreu e Micael Silva, a manhã de ontem foi inesquecível. Os dois Bombeiros de Lagoa foram chamados à Belavista, Parchal, para transportarem uma jovem grávida ao hospital, mas acabaram por ter de ser eles a fazer o parto. “Quando chegámos, a mãe, de 17 anos, já estava em trabalho de parto. Era o primeiro filho. Fomos buscar o kit de partos que temos na ambulância e atuámos, com o apoio dos pais da jovem e de uma vizinha”, referiram ao CM os bombeiros, que têm “formação para atuar nestes casos”. Para os dois bombeiros, de 31 e 30 anos, foi uma experiência “emocionante”, até porque foi “a primeira vez”. Celso Abreu, bombeiro de 2ª e técnico de ambulância de emergência, foi quem conduziu os trabalhos, sempre com a ajuda de Micael. O bebé, uma menina a quem foi dado o nome de Maria, tinha o cordão umbilical à volta do pescoço, um problema que os dois bombeiros resolveram. Em seguida procederam aos trabalhos de desobstrução e cortaram o cordão. Quando a equipa médica do INEM chegou ao local, tanto a bebé como a mãe encontravam- -se bem. Foram ambas transportadas para o hospital de Portimão, para onde seguiu também o pai da bebé, que chegou entretanto.
Fonte: CM




Sobre quem enviou a noticia

Paulo Reis

Paulo Reis

É Natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 18 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde atualmente, apresenta o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Subchefe É na atualidade responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem da corporação e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com.