Bombeiros evitam explosão em complexo de casas

0

0303-VSAE1 guimarães bombeirosOs Bombeiros Voluntários de Guimarães conseguiram evitar que um complexo de habitações explodisse, esta quarta-feira de manhã.

Tudo porque conseguiram chegar a tempo e extinguir um incêndio que deflagrou num anexo de uma das casas situadas na rua Camões, na vila de Brito.

O anexo albergava mais de 12 coelhos e, entre eles, seis garrafas de gás butano de 13 quilogramas cada. Os animais conseguiram escapar e a preocupação passou a ser o gás. O fogo ainda chegou a derreter a tinta de algumas das garrafas mas, por sorte e pela ação rápida de populares e bombeiros, evitou-se a explosão.

Segundo o chefe Serafim Martins, dos Bombeiros de Guimarães, esta foi “uma operação bem sucedida uma vez que as botijas não explodiram”. Não houve, também, feridos a registar. Quando os dois veículos com nove bombeiros chegaram ao local, poucos minutos depois do alerta dado pelas 10.30 horas, encontraram “duas pessoas que já estavam a combater o incêndio com mangueiras de jardim, um funcionário da Câmara e uma vizinha”, acrescenta o chefe Serafim.

Ao que tudo indica, o incêndio terá sido originado por um curto-circuito. No local esteve, também, a GNR de Guimarães.

(fonte: jn.pt)




Sobre quem enviou a noticia

Mónica Costa

Mónica Costa

É natural de Tabuaço, licenciada em Comunicação e Relações Económicas e Mestre em Marketing e Comunicação. Foi jornalista na Rádio F até 2013 e apesar de nunca ter estado diretamente ligada ao mundo dos bombeiros, acompanhou sempre com um enorme respeito e admiração o seu trabalho. Na atualidade integra a equipa da Direção informativa do portal bombeiros.pt.