Bombeiros esperam há três anos verba de 17 mil euros para acabar de pagar o quartel

0

bvvilaflorHá três anos que a Associação Humanitária dos Bombeiros de Vila Flor (AHBVF) está á espera de uma verba de cerca de 17 mil euros relativa ao projeto de ampliação do quartel, que beneficiaram de uma candidatura ao POVT.

“Não sabemos porque demora. Nós tínhamos a indicação que essas verbas já estavam disponíveis. As auditorias já decorreram. Tem todas as inspeções feitas. Não há objeções a pôr à candidatura”, referiu Carlos Fernandes, presidente da AHBVF.

A obra custou cerca de meio milhão de euros, comparticipados inicialmente pelo POVT em 75%, mas com um ajuste posterior de mais 15%, “sendo este o diferencial que está em falta de pagamento”, destacou Carlos Fernandes, que admite “já não saber o que fazer” para receber o dinheiro.

FONTE: mdb.pt

Sobre o autor

Pedro Fonseca

Pedro Fonseca

É natural e residente em Gouveia, a sua vida profissional está ligada nestes últimos 17 anos à área de consultadoria em seguros. Em 2013 foi fundador da empresa LICATEL - Soluções em Telecomunicações onde é sócio/gerente. Desde tenra idade ingressou nas camadas jovens dos Bombeiros de Gouveia tendo permanecido alguns anos nos quadros, ultimamente passou pela Direcção da referida Instituição dinamizando a área de comunicação e imagem. Frequentou a licenciatura em Gestão de Marketing no IPAM de Aveiro. Passou por diversas Associações de Gouveia dando o seu contributo.