Bombeiros dos Açores responderam a 33 mil ocorrências em 2017

0

(Foto de Governo Regional dos Açores)

No ano passado, “foram accionados no arquipélago 39 mil e 700 meios”, segundo o gabinete de comunicação do Governo Regional dos Açores.

O Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores respondeu “a cerca de 33 mil ocorrências” em 2017, avança este domingo o gabinete de comunicação do Governo Regional dos Açores.

Segundo uma nota do mesmo gabinete, “foram accionados no arquipélago 39 mil e 700 meios”, em 2017, para dar resposta em “operações relacionadas com fenómenos naturais, assistência em saúde, incêndios e acidentes industriais e tecnológicos”.

Estes números foram revelados pelo secretário regional da saúde que participou nas comemorações do 37.º aniversário da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários da Graciosa, que detém “46 elementos tendo acudido no último ano 446 ocorrências”.

Na ocasião, Rui Luís destacou a importância dos bombeiros no arquipélago dos Açores, nomeadamente no “combate aos incêndios” e na “intervenção nas situações de emergência ou de catástrofe”.

O responsável máximo pela Protecção civil e bombeiros dos Açores salientou ainda a aposta feita na “formação” envolvendo “mais de 900 bombeiros” em 2017.

(Notícia LUSA)




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).