Bombeiros debatem falta de profissionais

0

fernando_curtoA falta de bombeiros profissionais nas principais cidades portuguesas e capitais de distrito é dos principais temas em foco no 13.º Congresso da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais, que começou este sábado em Faro.

O presidente da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais (ANBP), Fernando Curto, disse, citado pela Agência Lusa, que este é um dos temas mais urgentes, porque “estão em falta cerca de cinco bombeiros profissionais em todo o país”.

Esta situação, segundo Fernando Curto, é provocada pela impossibilidade de a Associação e as câmaras, que têm bombeiros municipais, contratarem novos profissionais para substituir aqueles que saíram das corporações, “por aposentação ou por vontade própria, pedindo licenças sem vencimento ou rescindindo os contratos para emigrarem e irem para o estrangeiro”, à procura de melhores condições de vida.

“Temos alguns pontos que têm a ver com a questão da falta de bombeiros profissionais em todo o país, que é imposta pelo Governo ao limitar a entrada de novos funcionários públicos, e estamos aflitos em relação a isso, e as câmaras também, porque estão a sentir dificuldades para fazer essa articulação”, afirmou.

(Fonte: JN)




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).