Bombeiros de Torres Vedras com 20 infetados com Covid-19 querem ser vacinados

0

Torres Vedras, no distrito de Lisboa, contabiliza 3663 infeções por coronavírus.

Os Bombeiros Voluntários de Torres Vedras têm 20 operacionais infetados e outros três em isolamento, afirmou esta quinta-feira o comandante, que pede para que os bombeiros sejam incluídos nas prioridades do plano de vacinação contra a covid-19.

O número de infetados “é preocupante, mas não compromete o socorro”, quando a corporação, a única do concelho, tem um corpo operacional composto por 140 elementos, tranquilizou Fernando Barão, em declarações à agência Lusa.

Contudo, o responsável operacional adverte para a necessidade de os bombeiros portugueses serem integrados nas prioridades do plano de vacinação contra a covid-19, por “serem os primeiros da linha de combate a contactar com cidadãos infetados”.

Face à exposição ao risco de infeção, Fernando Barão mostrou-se “preocupado se, em vez de 23, forem 40 ou 50 os bombeiros em casa”.

O concelho tem cinco surtos ativos em lares, com mais de três centenas e meia de infetados.

Desde o início da pandemia, Torres Vedras, no distrito de Lisboa, contabiliza 3.663 casos confirmados, dos quais 1.197 estão ativos, 2.404 recuperaram e 62 morreram.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.075.698 mortos resultantes de mais de 96,8 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 9.686 pessoas dos 595.149 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Fonte: Correio da Manha

About author

Paulo Reis

Paulo Reis

É natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 25 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde apresentou o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Subchefe. Foi responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem dos BV Esmoriz e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com. É o responsável do Departamento de Relações Públicas do portal Bombeiros.pt