Bombeiros de Beja, Évora e Faro recebem novos rádios SIRESP

0

O Secretário de Estado da Administração Interna, João Almeida, presidiu no dia 18 de maio à cerimónia de entrega de novos rádios SIRESP – Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal, aos Corpos de Bombeiros dos distritos de Faro, Évora e Beja, num total de 46 Corpos de Bombeiros, incluindo municipais e voluntários. A cerimónia teve lugar nas instalações da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Beja.

Foram distribuídos 276 rádios, tendo sido já entregues 636 aos Corpos de Bombeiros do Agrupamento Centro Norte (Aveiro, Coimbra, Guarda e Viseu) e 726 rádios SIRESP aos Corpos de Bombeiros do Agrupamento Norte (Braga, Bragança, Porto, Viana do Castelo e Vila Real) seguindo-se, nas próximas sessões, a entrega de mais 962 equipamentos pelos restantes distritos, num total de 2600 novos aparelhos.

Com a entrega destes novos rádios SIRESP, temos disponíveis para operação, pela Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) e pelos Corpos de Bombeiros, nomeadamente no contexto do Dispositivo Especial de Combate aos Incêndios Florestais do corrente ano, um total nacional de 6 244 rádios SIRESP.

O SIRESP, visa dotar as forças e serviços de segurança, emergência, proteção civil e socorro, de uma rede única de comunicações, a nível nacional. A existência desta rede nacional permite, ainda, satisfazer, de forma eficiente, os requisitos operacionais daquelas forças e serviços, garantindo a qualidade, a fiabilidade e a segurança das comunicações, bem como a racionalidade dos meios e recursos existentes.

Através da definição de grupos de segurança, o SIRESP permite que cada entidade utilize o sistema como se trata-se de uma rede privativa, mas também, em caso de necessidade de coordenação, que todos os grupos que concorram para a resolução de uma determinada situação de emergência, sejam facilmente colocados em conversação, de acordo com regras pré-definidas ou a serem estabelecidas em cenários específicos.

Os Corpos de Bombeiros, enquanto primeiro pilar na condução das ações de proteção e socorro, partilham com a ANPC toda a configuração SIRESP, estando integrados no mesmo Grupo de Segurança e utilizando os mesmos grupos de conversação. Garante-se, desta forma, uma permanente unidade de comando, controlo e de comunicações.

A exploração da rede pela ANPC e pelos Corpos Bombeiros, iniciada em 2007, num projeto-piloto envolvendo os Corpos de Bombeiros do Distrito de Santarém, tem hoje uma expressão absolutamente nacional.

FONTE: ANPC

 

 

 

About author

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.