Bombeiros da Guarda recusam participar no Dia da Cidade

0

Bombeiros GuardaO comando e o corpo activo dos Bombeiros Voluntários da Guarda decidiram não participar nas cerimónias do Dia da Cidade, no feriado municipal do próximo dia 27. Fazem-no em protesto pelo facto de a Câmara não ter incluído, no plano de pagamentos do PAEL, a dívida para com a corporação, que ultrapassa os 200 mil euros.

Semelhante atitude tinha tomada nas comemorações do 25 de Abril, quando os bombeiros recusaram prestar a tradicional guarda de honra na cerimónia do hastear da bandeira.

O novo presidente da Câmara deu hoje a conhecer a decisão na primeira sessão pública do mandato, onde lamentou a posição que lhe foi transmitida numa reunião. Álvaro Amaro reclamara que «o passado é o passado, mas gostaria imenso que no presente pelo menos me dessem o benefício da dúvida»

Também o vereador do Partido Socialista, José Igreja, considerou que «esta Câmara Municipal não tem culpa, ainda, das dívidas que a anterior deixou», lembrando que o actual executivo tomou posse há pouco mais de um mês. Igreja acha que «é necessário, para a bem da Guarda, que os bombeiros e a Câmara se entendam».

Fonte: Rádio Altitude

About author

Mónica Costa

Mónica Costa

É natural de Tabuaço, licenciada em Comunicação e Relações Económicas e Mestre em Marketing e Comunicação. Foi jornalista na Rádio F até 2013 e apesar de nunca ter estado diretamente ligada ao mundo dos bombeiros, acompanhou sempre com um enorme respeito e admiração o seu trabalho. Na atualidade integra a equipa da Direção informativa do portal bombeiros.pt.