Bombeiros continuam sem receber remunerações e reembolso referentes ao DECIF’17

0

Os bombeiros que estiveram nos incêndios este ano continuam sem receber os pagamentos referentes ao DECIF’17 por parte da Autoridade Nacional de Protecção Civil e do Ministério da Administração Interna.

Os atrasos em questão, são referentes ao pagamento dos piquetes de serviço de ECIN no mês completo de novembro e ainda de GRUATAs e GRIFs que ocorreram fora da época crítica de incêndios, bem como os reembolsos respeitantes aos meses de Julho a Setembro (época crítica dos incêndios florestais) onde a ANPC decidiu em setembro, reforçar e pagar com retroativos o aumento de 1€ por cada 24h de serviço.

A maioria das Associações de bombeiros não tem verbas para fazer fase aos montantes em falta, pelo que aguardam o pagamento por parte do governo e ANPC para regularizar as contas, prejudicando desta forma os operacionais que estão a aguardar já impacientemente o pagamento dos valores em atraso.

O portal bombeiros.pt questiona quando irão os operacionais que estiveram envolvidos no combate aos incêndios que fustigaram este ano o país receber os valores em atraso?




Sobre quem enviou a noticia

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.