Bombeiros comparam acordo com INEM a «aspirinas»

0
O presidente da Liga dos Bombeiros explicou que a intenção era «reanalisar o acordo» e não fazer um «reajustamento com base no acordo de cooperação assinado em 2008».

O presidente da Liga dos Bombeiros considerou que o acordo firmado com o INEM sobre as novas tabelas de pagamentos não passam de «aspirinas de não grande qualidade».

«Deviam ser antibióticos de qualidade devidamente reconhecida», acrescentou Jaime Soares, que diz ser esta a «imagem mais ajustada em relação a esta situação».

Na sequência deste acordo que dá mais 1,2 milhões de euros em relação às tabelas atuais, Jaime Soares considerou ter-se feito um «reajustamento com base no acordo de cooperação assinado em 2008», desde o qual ainda não tinha sido feitas atualizações.

O presidente desta Liga lembrou que o que os bombeiros queriam era «reanalisar todo o acordo, refundar esse acordo e adaptá-lo às novas realidades, mas por parte do INEM não houve essa disponibilidade e abertura».

«Não quer dizer que não nos tivessem dito que a qualquer momento, a prazo não muito distante, se possam reatar negociações para alterar o acordo de cooperação que já tem quatro anos e que por isso está completamente desajustado das realidades atuais», concluiu.

FONTE: TSF

 

About author

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.