Bombeiros alemães criam campanha arrepiante que alerta para os “mirones mórbidos”

0

Iniciativa partiu de uma corporação de bombeiros alemã e é um protesto contra as pessoas que param junto a acidentes para verem com detalhes o que se passa.

Cansados de ver o seu trabalho ser alvo da curiosidade alheia que chega a atrapalhar as operações de resgate, os bombeiros da corporação de Osnabrück, cidade na zona noroeste da Alemanha, decidiram mostrar a sua revolta.

E, em parceria com uma associação local e com o apoio de entidades municipais, um grupo de bombeiros gravou uma curta-metragem de pouco mais de quatro minutos onde retrata situações com as quais lida quase diariamente.

O vídeo tem por título ‘Curioso – não sejas estúpido’ e retrata uma situação em que um grupo de jovens passa por um acidente e decide parar o carro para ver o que se passa. O problema é que além de verem o sucedido, os jovens fotografam o local e até tiram selfies divertidos que publicam nas redes sociais, fazendo um verdadeiro furor.

No entanto, e sem querer lançar spoilers, podemos dizer que o fim do vídeo é dramático e é uma chamada de atenção para que as pessoas respeitem, não só o trabalho dos bombeiros, como a privacidade dos feridos.

Recorde-se que este é um problema também já sinalizado por cá, nomeadamente durante o pico dos incêndios do ano passado no concelho da Marinha Grande. Um autarca alertou, na altura, a população para evitar o “turismo mórbido” que “levou inúmeras pessoas à zona dos incêndios” e “dificultou e atrapalhou o trabalho dos bombeiros”.

 




Sobre quem enviou a noticia

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.