Aviões da Força Aérea podem ser reconvertidos para combate a incêndios

0
Imagem Ilustrativa

Imagem Ilustrativa

Os aviões C-295 da Força Aérea Portuguesa poderão ser reconvertidos para participar no combate aos incêndios.

A ideia foi discutida hoje entre o ministro da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco, e o vice presidente da Airbus Indústria e Defesa, Rodriguez Barberan, na feira de aviação de Farnborough, no Reino Unido.

“Esta conversa que tivemos hoje, exploratória, é para que este avião tenha também essa capacidade de combate a incêndios”, afirmou aos jornalistas, após a reunião.

Há várias possibilidades em cima da mesa, com o objectivo de reforçar o papel da Força Aérea Portuguesa no combate aos incêndios e seria mais um passo para que esta intenção se concretize. Um dos C-295 já colabora com a vigilância e prevenção dos fogos florestais.

(Fonte: Económico)

 




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).