Aumentou o número de missões realizadas pelo helicóptero do INEM

0

INEMTem aumentado o número de missões realizadas pelo helicóptero do INEM sediado em Macedo de Cavaleiros.
A afirmação chega do médico da equipa, Filipe Serralva.
O médico que está na cidade desde 2010, altura em que a aeronave chegou ao distrito de Bragança, após celebração do protocolo com o Ministério da Saúde, em 2007.
Filipe Serralva diz ser o médico com mais voos a serviço do INEM em todo o país.

“Estou aqui desde o início. Temos sido chamados para todo o Norte, mais aqui no Nordeste Transmontano e na Beira Alta, mas temos feito missões em todo o lado. Sou o médico com mais horas de voo em Portugal, sem dúvida nenhuma”, assegura.

Lembro que a 1 de Outubro entrou em vigor a nova reorganização dos meios aéreos no país, e esta ditava que, na região Norte os meios de Macedo e de Baltar, no Porto, seriam desativados, passando a operar apenas um helicóptero com sede única, em Vila Real.
O médico fala do modus operandi na hora de salvar vidas e das vezes em que também utilizam a VMER – Viatura Médica de Emergência e Reanimação.

“Situações de ortopedia sem nenhuma complicação, se for mais perto vai para Bragança. A prioridade é o bem do doente, se ele não precisar de nenhuma especialidade médica nós levamos para o sítio que possa dar os cuidados o mais rápido possível. Se o benefício do tempo e a distância justifiquem vamos no carro, se for mais longe vamos no helicóptero”, explica o médico do INEM.

Atualmente há apenas um Helicóptero do IENM a operar na região Norte, situado em Macedo de Cavaleiros.
Filipe Serralva é categórico na hora de afirmar que a equipa do INEM que sai em missão com o helicóptero faz toda a diferença.

“Salvamos muitas vidas. Gosto muito de trabalhar cá porque fazemos a diferença e este helicóptero como os outros do País fazem a diferença ao conseguir fazer chegar o apoio aos doentes”, enaltece.

Está prevista a vinda de uma ambulância SIV (Suporte Imediato de Vida) para Macedo de Cavaleiros em substituição da aeronave, no entanto, e dando provimento à providência cautelar interposta pelos autarcas, o helicóptero continua assegurado no distrito de Bragança.

FONTE: Onda Livre

 




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.