Aumento de 11% nas indemnizações aos bombeiros

0

Miguel MacedoO ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, anunciou este domingo «um reforço importante» na apólice dos seguros que cobrem a atividade dos bombeiros, com aumentos de 11 por cento nas indemnizações em caso de morte ou invalidez e 400% em tratamentos.

«Em caso de morte ou invalidez permanente, os valores passam de 225 para 250 vezes o salário mínimo nacional. No que diz respeito aos tratamentos, o valor (limite) passa de 20 para 100 vezes o salário mínimo nacional previsto nas apólices de seguro», afirmou o ministro.

O anúncio da medida foi feito esta tarde em Viseu, durante a entrega de mais de 600 equipamentos portáteis para operação na Rede SIRESP – Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal, onde o governante se congratulou com o fim de uma negociação que considerou «difícil».

«Julgo que este resultado satisfaz todos, porque todas as partes assumiram as suas responsabilidades. Foi uma negociação difícil, entre o Governo, Liga Portuguesa de Bombeiros e Associação Nacional de Municípios Portugueses, mas que teve bons resultados», referiu.

Segundo anunciou ainda Miguel Macedo, a atualização destes valores estará em vigor já no próximo período crítico dos incêndios florestais.

(Fonte: A Bola)

Entra na página do Facebook do Portal Bombeiros.pt (https://www.facebook.com/www.Bombeiros.pt), faz “Gosto” e conhece em primeira mão todas as notícias sobre os Bombeiros Portugueses!

 

BombeirosMAI



Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).