Atualização: Portugal apoia o Chile no combate aos incêndios florestais

0

O Secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, e o Embaixador do Chile em Portugal, Germán Guerrero Pavez, estiveram hoje, pelas 12h15, na sala VIP, do Aeroporto de Lisboa, na partida da Força Nacional da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), que vai apoiar o Chile no combate aos incêndios florestais, que estão a fustigar aquele país há um mês.

A resposta do Governo Português surge na sequência do pedido de assistência internacional para combate a incêndios florestais apresentado pelas autoridades chilenas no quadro do Mecanismo de Proteção Civil da União Europeia.

O Governo Português mobiliza uma Força Operacional com meios terrestres composta por 52 operacionais da Força Especial de Bombeiros da Autoridade Nacional de Proteção Civil.

Ao abrigo da solidariedade que deve presidir ao relacionamento entre países amigos, e considerando o cenário em causa, Portugal envia uma equipa com valências no combate aos incêndios florestais com meios terrestres e ferramentas manuais e onde se inclui ainda uma equipa de comando da ANPC.

Ainda neste contexto, a ANPC disponibilizou também um perito em incêndios florestais para eventual integração na equipa de avaliação que será mobilizada no quadro do Mecanismo.

Desde Dezembro de 2016 que o Chile enfrenta provavelmente a pior vaga de incêndios florestais da sua história e da qual há já a lamentar várias mortes, mais de 100 pessoas retiradas das suas habitações e danos consideráveis no edificado, sendo as regiões de Valparaiso, Metropolitana, O’Higgins, Maule, Biobio, La Araucania e Los Lagos as mais afetadas.

O estado de emergência no Chile foi já acionado em várias regiões.

ANPC / FEB




Sobre quem enviou a noticia

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.