Funchal: Atropelamento mortal, na qual vítima foi projetada para a ribeira

0

ocorrencia_campo_da_barcaUm jovem faleceu, na madrugada do dia 06 de Dezembro de 2014, devido a um atropelamento que ocorreu no Campo da Barca, no Funchal. O acidente aconteceu, por volta das 5h30, da madrugada e o impacto foi grande, porque o jovem, que ao que tudo indica estava na passadeira, acabou por ser projetado para a Ribeira de João Gomes. O jovem ia acompanhado por uma rapariga, que não sofreu lesões.
Os Bombeiros Voluntários do Funchal tomaram conta da ocorrência, sendo que o caso está a ser seguido pela Brigada de Trânsito da PSP.

Mais tarde o JM informou que o condutor do veículo que atropelou mortalmente um indivíduo do sexo masculino, já tinha sido ouvido, no Tribunal de Santa Cruz. Segundo foi apurado, o condutor não tem carta de condução, nem seguro de automóvel. Os amigos da vítima concentraram-se à porta do Tribunal de Santa Cruz.

O condutor suspeito de ter atropelado mortalmente, um jovem de 23 anos ficou sujeito ao Termo de Identidade e Residência e a apresentações periódicas na esquadra da PSP. De acordo com fonte próxima do processo, o condutor, de 29 anos, pai de quatro menores e residente no Bairro da Nogueira, na Camacha, é suspeito da prática de três crimes: condução sob o efeito do álcool, condução sem licença e homicídio negligente.

Nos termos do Código Penal, a provar-se a culpabilidade, o arguido incorre numa pena que pode ir dos cinco aos oito anos de prisão.

Fonte: Jornal da Madeira




Sobre quem enviou a noticia

luis.andrade

luis.andrade

É natural da Guarda e Licenciado em enfermagem, tendo obtido também uma pós-graduação em Urgência e Emergência Hospitalar e uma pós-licenciatura de Especialização em Enfermagem em Saúde Mental e Psiquiatria. Durante a frequência do curso de licenciatura em enfermagem, colaborou, como voluntário, na delegação da Guarda da Cruz Vermelha Portuguesa. Na atualidade exerce a profissão de enfermeiro no Funchal e integra a corporação dos Bombeiros Madeirenses, onde ocupa o posto de subchefe equiparado.