Assinado contrato de construção do quartel dos Bombeiros de Famalicão da Serra

0

(Foto: Marta Esteves/ Bombeiros.pt)

Após a assinatura, ontem (dia 1 de Fevereiro), do auto de consignação dos trabalhos de construção do quartel/sede da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Famalicão da Serra (AHBVFS), está para breve o início das obras e a sessão de lançamento da 1.ª pedra.

O sonho de ter, finalmente, condições apropriadas para o exercício da nobre missão que lhes está confiada está mais próximo para os Bombeiros de Famalicão da Serra, depois da assinatura do documento que permite o início das obras de construção do seu futuro quartel. O auto de consignação dos trabalhos de construção foi assinado pela Direcção da AHBVFS e da Biosfera (a empresa a quem caberá a realização da obra num prazo de um ano).
_
Durante a cerimónia da assinatura do contrato, António Fontes, presidente da Associação, aproveitou para deixar agradecimentos ao Pároco de Famalicão, Francisco Barbeira, por “todo o apoio que tem dado, tanto a nível de instalações como na mobilização da população na ajuda aos bombeiros”. Lembre-se que desde que os Bombeiros foram criados, em 1999, que estes ocupam um espaço cedido pela Paróquia a título gratuito. Para além deste agradecimento, o presidente deixou também palavras de reconhecimento ao Município da Guarda, afirmando que “após a aprovação da candidatura, sem o apoio da Câmara seria impossível a obra avançar tão rápido, porque nunca conseguiríamos a verba em falta em tão pouco tempo. Portanto este contributo da Câmara veio acelerar todo o processo e, mesmo continuando a haver dinheiro em falta, já se torna num montante mais fácil de atingir pela associação”. Concluiu desejando que “deste mês a um ano possamos estar de novo todos juntos mas por um motivo melhor que é a inauguração”.
 _
Da parte das entidades que tutelam os bombeiros no distrito da Guarda, vieram palavras de reconhecimento. O Presidente da Federação dos Bombeiros da Guarda, Paulo Amaral, aproveitou para lembrar que “é um dia histórico para o CB de Famalicão por ver, ao fim de tantos anos, os seus esforços recompensados, pois era o CB com piores condições do distrito”. Enquanto que o 2.º CODIS, José António Oliveira, desejou que “esta obra e a sua concretização sejam um símbolo de luta e orgulho para todos os bombeiros deste CB”.
 _
O Presidente da Junta de Freguesia, Honorato Esteves, referiu que “este processo não é o fim de nada, mas, sim, o início de uma nova etapa com outras lutas e ambições”, afirmando ainda que os bombeiros de Famalicão da Serra “são uma associação com extrema importância para a população” e que “numa terra onde o associativismo tem perdido força, os bombeiros são um exemplo a seguir na perseverança e na luta pelos seus objectivos”. Já o Vereador da Câmara Municipal da Guarda, Sérgio Costa, aproveitou para felicitar a “Direcção [da associação] por toda a luta e empenho que teve na defesa do seu objectivo e dos seus homens, por nunca ter baixado os braços perante adversidades”. Essa atitude empenhada e decidida levou a Câmara Municipal e os seus responsáveis a, “quando reabriram as candidaturas (após ter sido chumbado a primeira vez)”, dar “prioridade a este projecto por toda a importância e relevância que tinha”. O Vereador aproveitou ainda para lembrar que o papel da Câmara não se extingue “no contributo monetário, que é de 70 a 75 mil euros,” pois a entidade “fica ainda com a responsabilidade de fiscalização da obra”.
 _
Durante esta sessão, a Associação aproveitou ainda para assinar protocolos de cooperação a Ergovisão e a Newcar, que possibilitarão aos bombeiros e sócios desta associação a obtenção de múltiplas vantagens junto destas duas empresas.



Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).