Arquipélago dos Açores sob aviso amarelo devido à previsão de chuva forte

0

chuvaA Proteção Civil dos Açores emitiu hoje de manhã um alerta tendo em conta que “a chuva vai continuar forte nas próximas horas nos grupos Central e Oriental” do arquipélago, que vão estar sob aviso amarelo. 

 Segundo as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA)  para o grupo Central (Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico e Faial) o aviso  amarelo, referente a precipitação, estende-se até às 21:00 de hoje.

No caso das ilhas dos grupos Oriental (São Miguel e Santa Maria) o aviso  amarelo vigora até às 3:00 de quarta-feira.

O aviso amarelo, o segundo menos grave de uma escala de quatro, pressupõe  situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Face a estas previsões, o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros  dos Açores (SRPCBA) lembra que o eventual impacto destes efeitos pode ser  minimizado, sobretudo através da adoção de comportamentos adequados, pelo  que, em particular nas zonas mais vulneráveis, recomenda medidas de autoproteção  para estas situações.

Assim, aconselha a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas  e a retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento.

Manter limpos os sistemas de drenagem e consolidar telhados, portas  e janelas, não despejar lixo ou entulho nas ribeiras, bem como evitar obstruí-las  com troncos ou ramadas, são outras das recomendações.

Aos condutores é recomendada uma condução defensiva, reduzindo a velocidade  e tendo cuidado com a possível formação de lençóis de água nas vias.

A Proteção Civil açoriana recomenda ainda a fixação de estruturas soltas,  como andaimes, placards e outras estruturas montadas ou suspensas e especial  cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas.

É ainda desaconselhada a prática de atividades relacionadas com o mar,  nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar.

Fonte: SIC NOTÍCIAS

 

About author

Mónica Costa

Mónica Costa

É natural de Tabuaço, licenciada em Comunicação e Relações Económicas e Mestre em Marketing e Comunicação. Foi jornalista na Rádio F até 2013 e apesar de nunca ter estado diretamente ligada ao mundo dos bombeiros, acompanhou sempre com um enorme respeito e admiração o seu trabalho. Na atualidade integra a equipa da Direção informativa do portal bombeiros.pt.