Área ardida aumenta 35% este ano face a 2019

0

imagem ilustrativa

Entre 1 de janeiro e 31 de agosto, deflagraram 7.207 incêndios rurais.

A área ardida aumentou este ano cerca de 35% em relação a 2019, mas 2020 apresenta-se até à data com o valor mais reduzido do número de incêndios florestais da última década, segundo dados provisórios hoje divulgados.

Dados provisórios do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), a que a agência Lusa teve acesso, indicam que, entre 01 de janeiro e 31 de agosto, deflagraram 7.207 incêndios rurais, que resultaram em 38.647 hectares (ha) de área ardida, entre povoamentos (17.176 ha), matos (15.971 ha) e agricultura (5.500 ha).

“Comparando os valores do ano de 2020 com o histórico dos 10 anos anteriores, assinala-se que se registaram menos 48% de incêndios rurais e menos 57% de área ardida”, destaca o ICNF, sublinhando que o ano de 2020 apresenta, até ao dia 31 de agosto, o valor mais baixo em número de incêndios e o quarto mais reduzido de área ardida desde 2010.

 

Fonte: Correio da Manha / LUSA

 

About author

Paulo Reis

É natural e residente em Esmoriz, a sua vida profissional está ligada à indústria automóvel nestes últimos 25 anos como CAD Designer. É um dos fundadores da Rádio Voz de Esmoriz, onde apresentou o programa de rádio “Bombeiros em Missão”. Está ligado desde tenra idade aos Bombeiros de Esmoriz onde fez parte da orquestra do Grupo Cénico e hoje, ocupa o posto de Subchefe. Foi responsável pelo Grupo de Comunicação & Imagem dos BV Esmoriz e integrou a equipa do portal bombeirosdeportugal.com. É o responsável do Departamento de Relações Públicas do portal Bombeiros.pt