António Costa não deixou “cair” a Ministra da Administração Interna

0

António Costa, em entrevista à CM TV, afirmou que Constança Urbano de Sousa colocou o lugar como Ministra à disposição depois da tragédia de Pedrógão Grande.

Na  entrevista a que o POrtal Bombeiros.pt teve acesso, o Primeiro-Ministro afirmou a continuidade e o apoio à a Ministra da Administração Interna, recusando qualquer cenário de remodelação devido à tragédia de Pedrógão Grande.

António Costa assegurou que concorda com a posição política de Constança Urbano de Sousa de se manter em funções enquanto não são conhecidas as conclusões das várias investigações em curso, adiantando que a ministra da Administração Interna colocou o lugar à disposição nos dias a seguir à tragédia, mas que decidiu mantê-la em funções.

As palavras de António Costa

“É fácil depois de um jogo tirar conclusões sobre o que correu bem e o que correu mal e quando uma equipa perde o jogo e não consegue segurar o jogo não podemos dizer que correu bem. Uma tragédia onde morreram 65 pessoas correu pessimamente mal, mas quero deixar claro que a ministra da Administração Interna pôs imediatamente o lugar à disposição. E manteve-se em funções porque eu entendi que ela se devia manter em funções”.

Disse ainda António Costa que teria “sido politicamente muito fácil para o primeiro-ministro ter demitido a ministra. Teria sido politicamente mais fácil para a ministra ter demitido o comandante nacional.”

 

 

 




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).