ANPC “oficialmente” orfã de presidente

0

Tomada de posse do novo comandante-geral da GNR, general Mateus Couto

O novo comandante-geral da GNR, Manuel Mateus Couto, tomou posse, esta segunda-feira.

Durante o seu discurso, o ministro da Administração Interna, Miguel Macedo considerou que «nunca é demais reafirmar que a liberdade e democracia pressupõem segurança, que é um fator de coesão social».

Na cerimónia de empossamento, e antes de passar a palavra a Mateus Couto, o governante destacou a preponderância da instituição que é a GNR e disse que esta «não foi uma escolha qualquer».

Por seu lado, o antigo tenente e, agora, comandante-geral dos militares, garantiu: «A minha intenção não pode ser outra a não ser servir Portugal.»

O novo responsável pela GNR afirmou que pretende racionalizar os recursos, porém tal não impedirá a «modernização de procedimentos».

Com 57 anos e 36 de serviço, a escolha do ministro Miguel Macedo causou, na altura, algum mal estar, tendo levado inclusive à demissão do número dois da GNR que se recusou a ficar sob as ordens de Mateus Couto.

O até, então, presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC) sucede a Newton Parreira.

(Fonte: A Bola)




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).