ANPC garante ter reforçado meios em outubro

0

Liga de Bombeiros Portugueses e autarcas tinham criticado diminuição de número de meios em 80 por cento entre setembro e outubro, mas a Proteção Civil avançou com números diferentes à TSF.

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) afirmou à TSF que foram criadas 50 equipas de combate a incêndios dos Corpos de Bombeiros, em funções desde o dia 1, devido às condições de calor, falta de chuva e seca extrema previstas para os últimos dias.

Esta é uma resposta às críticas da Liga de Bombeiros Portugueses e autarcas durante o fim de semana, em que deflagraram dezenas de incêndios pelo país. A Liga tinha dito que o número de meios caiu 80 por cento de setembro para outubro – na transição da fase Charlie para a Delta -, mas a ANPC avança com números diferentes, e fala de uma diminuição de 9740 para 5518 ao nível de número de operacionais, de 1307 para 2065 em viaturas e de 48 para 18 em meios aéreos.

A Proteção Civil explica que os meios foram planeados “com base no conhecimento do risco e das ocorrências dos anos anteriores e estrutura um dispositivo significativo para fazer face a incêndios florestais neste período”.

(Fonte: TSF)




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).