ANPC diz que bombeiros recebem ajuda financeira para alimentação

0

anpcA Autoridade Nacional de Protecção Civil emitiu um comunicado devido a algumas notícias, vindas a público, que davam conta que os bombeiros não dispunham de ajuda financeira para se alimentar quando implicados em operações de combate a incêndios florestais. 

Afirma agora, a ANPC que todas as Corporações de Bombeiros com elementos operacionais implicados em teatros de operações são abonadas de acordo com o valor e o regime previsto na circular financeira que enquadra as despesas realizáveis com o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais, de modo a poderem assegurar a respectiva sustentação dos mesmos.

A cada operacional envolvido no combate a incêndio florestal é disponibilizado Pequeno-almoço, lanche, reforço 1 e reforço 2, sendo que à respectiva corporação de Bombeiros é pago o valor de 1,80 euros, por cada uma destas fracções.

Ainda segundo o comunicado, os operacionais têm direito a almoço e a jantar, recebendo a sua corporação o valor de 7 euros por cada refeição.

A estas despesas junta-se ainda, de acordo com a Autoridade Nacional de Protecção Civil, o pagamento de combustível destinado às viaturas que se encontrarem envolvidas no combate aos incêndios.

(Fonte: Voz da Planície)




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).