Oeiras: Acidente com quatro carros provoca um morto e corta Marginal

0

Uma pessoa morreu, na Estrada Marginal, em Oeiras, na manhã desta sexta-feira, na sequência de um acidente que envolveu quatro veículos ligeiros. O acidente ocorreu cerca das 10.30 horas.

“Foi um embate entre quatro viaturas e que causou a morte de uma pessoa, um ferido grave e outros dois ligeiros”, contou ao JN o comandante dos Bombeiros Voluntários de Oeiras, José Manuel Pereira.

O acidente ocorreu numa zona de descida, após uma curva, no sentido Lisboa-Cascais. O piso estava ainda molhado, das fortes chuvadas de quinta-feira à noite. A vítima mortal seguia ao volante do carro verde, um MG, e foi projetada com a viatura, que chocou ainda contra o muro.

Uma senhora, que inspirava mais cuidados, foi acompanhada para o hospital de uma equipa do INEM.

Fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Lisboa avançou ao JN que a colisão ocorreu cerca das 10.32 horas, em Santo Amaro de Oeiras, junto ao restaurante McDonalds.

Às 11.25 o trânsito na Marginal estava cortado nos dois sentidos, entre Paço de Arcos e Santo Amaro de Oeiras. Segundo o comandante dos Bombeiros de Oeiras, os feridos foram transportados para o Hospital Francisco Xavier, em Lisboa.

Bombeiros das corporações de Oeiras e Paço de Arcos, apolados por quatro veículos e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do hospital de São José estiveram no local.

Fonte: Jornal de Notícias

[vsw id=”g2PG9prmxgg” source=”youtube” width=”600″ height=”360″ autoplay=”no”]




Sobre quem enviou a noticia

luis.andrade

luis.andrade

É natural da Guarda e Licenciado em enfermagem, tendo obtido também uma pós-graduação em Urgência e Emergência Hospitalar e uma pós-licenciatura de Especialização em Enfermagem em Saúde Mental e Psiquiatria. Durante a frequência do curso de licenciatura em enfermagem, colaborou, como voluntário, na delegação da Guarda da Cruz Vermelha Portuguesa. Na atualidade exerce a profissão de enfermeiro no Funchal e integra a corporação dos Bombeiros Madeirenses, onde ocupa o posto de subchefe equiparado.