69 novos incêndios até às 10 horas de hoje

0

Em curso, dominadas ou em vigilância existem 49 ocorrências, as quais estão a mobilizar 3.105 operacionais, revela o sítio da Proteção Civil às 10h. Existem 9 ocorrências que merecem as maiores atenções e que, por isso, são caracterizadas como Ocorrências Importantes.

Segundo informação de Patrícia Gaspar no briefing da manhã, durante o dia de ontem atingiu-se o número de 272 ignições em todo o país. A Adjunta Nacional afirmou que o final da tarde e início da noite de sábado foram especialmente “complicados e difíceis” para os bombeiros, principalmente na região centro, tendo sido acionados um Plano Distrital de Emergência (Coimbra) e quatro Planos Municipais de Emergência: Miranda do Corvo, Coimbra, Cantanhede e Ferreira do Zêzere.

Desde as 00h00 do dia de hoje, registaram-se 69 ignições.

O pedido de ajuda ao Mecanismo Europeu de Proteção Civil, acionado no sábado, recebeu já resposta positiva por parte de Espanha que, segundo Patrícia Gaspar, irá enviar para o nosso país dois módulos da unidade militar de emergência de Espanha e dois meios aéreos.

Marrocos manterá também em território português o avião Canadair que nos últimos dias tem apoiado as operações de combate.

Patrícia Gaspar adiantou ainda que outros meios poderão ser empenhados em Portugal se as condições atmosféricas europeias (nomeadamente as situações dos países do mediterrâneo que estão a sofrer também uma vaga de incêndios) o permitirem

Sobres as ocorrências em curso, a Proteção Civil destaca as mais complexas, que se situam em Aveiro, Alvaiázere, Ferreira do Zêzere, Tomar, Torres de Moncorvo e Castelo Branco.




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).