18 Mil euros de equipamento para os bombeiros municipais do Cartaxo

0

_MG_7866000CARTAXO – Os Bombeiros Municipais do Cartaxo vão receber cerca de 18 mil euros de equipamento, no âmbito do protocolo assinado entre a Câmara Municipal e a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo – CIMLT, que adquiriu o equipamento no âmbito do Programa Operacional de Valorização do Património (POVT) do QREN 20007/2013 – Eixo Prioritário II- Sistemas Ambientais e de Prevenção, Gestão e Monitorização de Riscos, Regulamento Específico “prevenção e Gestão de Riscos naturais e Tecnológicos- Ações Materiais”.

O Protocolo assinado entre a CIMLT e a Câmara Municipal do Cartaxo prevê que a corporação possa vir a receber equipamento de proteção individual de combate a incêndios, que lhe será confiado durante cinco anos, o prazo de vigência do financiamento comunitário.

Do equipamento que faz parte do protocolo – capacetes, calças, casaco, luvas, cogulas e botas -, apenas as calças e casacos ficarão agora disponíveis, os capacetes já foram adjudicados, aguardando entrega por parte do fornecedor e o restante material depende agora da abertura de um segundo concurso, já que o primeiro aberto pela CIMLT, não obteve propostas.

Pedro Magalhães Ribeiro referiu, aquando da assinatura do protocolo que “este equipamento é de enorme importância, a sua aquisição revela uma preocupação crescente com as condições de trabalho e ação no terreno que queremos dar aos nossos Bombeiros Municipais”, referindo que “a proteção de cada uma das mulheres e dos homens da corporação, que saem das suas casas, nos momentos mais difíceis, para proteger toda a comunidade, é um dever e tudo o que nela se investir, será sempre um investimento em vidas humanas, não só na vida dos bombeiros, mas também nas vidas das nossas famílias e na segurança dos nossos bens.”

Fonte: Local.pt




Sobre quem enviou a noticia

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.