1600 bombeiros estiveram hoje no combate a incêndios

0

incêndioAté às 22:45 desta sexta-feira foram registados 61 fogos. Em Agosto já se contabilizaram 3876 incêndios.

Cerca de 1600 operacionais combateram até às 22:45 de hoje 61 fogos, segundo dados divulgados pela Autoridade Nacional da Proteção Civil.

Segundo os dados, divulgados na página na internet, no combate aos fogos estiveram envolvidos 1582 operacionais, 387 meios terrestres e os meios aéreos foram utilizados por 37 vezes.

Às 22:45, segundo a Proteção Civil, não estava nenhum incêndio em curso.

A Proteção Civil só destaca na sua página ocorrências com mais de três horas desde o seu início e com mais de 15 operacionais.

Dos restantes incêndios, verificados até às 22:45, 8 estão em conclusão (incêndio extinto, com pequenos focos de combustão) e o de Miranda do Corvo continua em vigilância.

Nos dados, a Proteção Civil indica também a existência de dois despachos de alerta (meios em trânsito para o local) para o distrito de Lisboa.

No mês de julho, segundo as estatísticas da Proteção Civil divulgadas na sua página na internet, foram registados 4056 incêndios.

Desde 01 de agosto e até quinta-feira, foram registados em Portugal continental 3876 incêndios.

Os dias 09 e 10 de agosto, foram desde o início do ano, os dias em que foram registadas maios número de ocorrências com 380 e 304, respetivamente.

(Fonte:TVI24/Bombeiros.pt)

 




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).