Texas: Primeiro balanço indica entre 5 e 15 mortos e 160 feridos em fábrica

0

explosao_TexasO balanço “de momento é de entre cinco e 15” mortos, anunciou nove horas  depois da explosão (perto das 11:00 em Lisboa), o porta-voz da polícia local,  sargento Patrick Swanton, acrescentando que os números podem mudar.   

A explosão lançou uma bola de fogo de cerca de 30 metros de largura  no ar. “Foi como se uma bomba nuclear tivesse explodido”, declarou à cadeia  de televisão norte-americana CNN Tommy Muska, presidente do município de  West, onde ocorreu a explosão e residem 2.500 pessoas.  

Swanton indicou que mais de 160 pessoas deram entrada em três hospitais  da região com ferimentos diversos.  

Antes, a cadeia local de televisão KWTX e um responsável hospitalar  de Waco falaram de 60 a 70 mortos, citando o diretor dos serviços de emergência  de West, George Smith.  

Questionado um pouco mais tarde sobre estes números, o porta-voz da  segurança pública do estado do Texas, D.L. Wilson respondeu: “não posso  confirmar, nem desmentir”.  

A explosão ocorreu na quarta-feira, pouco antes das 20:00 (02:00 de  quinta-feira em Lisboa) na fábrica West Fertilizer.  

O porta-voz dos bombeiros, Don Yeager, indicou por telefone à agência  noticiosa francesa AFP que a origem da explosão ainda não tinha sido determinada,  mas que poderá ter sido devido à presença de grandes quantidades de amoníaco.

Hoje de manhã, os bombeiros tinham “conseguido dominar o incêndio na  zona” onde se encontra um segundo reservatório, disse Swanton. Aquela área  está fora de perigo, mas o combate às chamas continua, disse.  

As autoridades estão também a vigiar a evolução da nuvem de fumo, potencialmente  tóxica, causada pela explosão e, caso seja necessário, vão proceder à evacuação  das zonas ameaçadas, acrescentou.  

Na pequena localidade, em que três quartos dos habitantes têm origem  checa, cerca de 80 casas ficaram destruídas com a explosão, bem como um  edifício residencial e um lar de idosos.  

Esta explosão ocorre dois dias após o atentado bombista perpetrado na  meta da maratona de Boston (Massachusetts, nordeste) e que causou três mortos  e 180 feridos na segunda-feira.  

Na sexta-feira, assinala-se o 20. aniversário do cerco policial a uma  seita de Waco, que causou 76 mortos. 

Neste mesmo dia assinala-se também o aniversário do atentado de Oklahoma  City, em 1995, no qual um simpatizante de uma organização de extrema-direita  matou num atentado bombista 168 pessoas que se encontravam num edifício  do governo federal norte-americano.  

 

 

 

Fonte: JN

 




Sobre quem enviou a noticia